Criopreservação de tecido ovariano (CTO)

Quem são os candidatos adequados?

Criopreservação de tecido do ovário é geralmente considerada apenas em determinados casos:

  • As pacientes que não têm tempo para passar por estimulação ovariana controlada (EOC) para a criopreservação de embriões ou ovócitos. A EOC é a tecnologia mais madura e deve ser o tratamento de primeira linha, se o tempo permitir.
  • As pacientes que estão planejando a cirurgia por outro motivo podem ser boas candidatos para a criopreservação de tecido ovariano. Especificamente, isso pode incluir mulheres que precisam fazer uma ooferectomia como parte de seu tratamento para o câncer endometrial, etc.
  • Meninas pré-púberes que não têm a opção de EOC.
  • CTO geralmente não é recomendado em mulheres que:
  • São > 41 anos;
  • Tem um grande cisto no ovário para ser criopreservados;
  • Receberam quimioterapia prévia que tem prejudicado significativamente a função ovariana. 

Gestações de OTC?

É importante enfatizar que a OTC é experimental, e que um número muito limitado de gravidezes resultaram desta tecnologia. A tabela a seguir apresenta um resumo dos nascidos vivos após o transplante autólogo de tecido ovariano descongelado criopreservado.

 

Diagnóstico

Idade na Criopreservação (anos)

Quimioterapia prévia

Método cirúrgico

Reimplante do local

Concepção

Referência

Linfoma de Hodgkin

25

Não

Biópsias do ovário

Ortotópico

Espontânea única

1

Não Linfoma de Hodgkin

28

Sim

Biópsias do ovário

Ortotópico

FIV única

2

Linfoma de Hodgkin

24

Sim

Ooforectomia unilateral

Ortotópico e Heterotópico

(Parede abdominal)

Espontânea única

3,4

Espontânea única

Linfoma de Hodgkin

26

Sim

Ooforectomia unilateral

Ortotópico

FIV única

5

Sarcoma de Ewing

27

Não

Biópsias do ovário

Ortotópico

FIV única

5,6

Espontânea única

Anemia falciforme

20

Não

Ooforectomia unilateral

Ortotópico

Espontânea única

7

Câncer de mama

36

Não

Biópsias do ovário

Ortotópico

FIV gêmeos

8

Tumor neuroectodérmico metastático

17

Não

Biópsias do ovário

Ortotópico

Espontânea única

9

Linfoma de Hodgkin

20

Não

Biópsias do ovário

Ortotópico

Espontânea única

10

Poliangiite microscópicas 

27

Sim

Ooforectomia unilateral

Ortotópico

FIV única

10

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Transplante

  • Embora tenham ocorrido algumas gravidezes e nascidos vivos após o transplante de tecido ovariano entre irmãs idênticas e não-idênticas de 10 , o transplante não é geralmente considerado como uma opção segura para mulheres com câncer.
  • Um estudo, analisando dados de autópsia, metástase ovariana foi encontrada em 8-4-55.5% das mulheres com menos de 40 anos de idade 11. Certos tipos de cânceres tiveram maiores taxas de metástase do que outros (câncer gástrico - 55%, leucemia - 8,4%).
  • Não existem métodos confiáveis ​​para a detecção de doença residual mínima no tecido criopreservado.
  • Maturação in vitro
  • Para pacientes com câncer, a recomendação geral é a de evitar o transplante de tecido ovariano em casos em que há preocupação com resquícios de células cancerosas, e em vez disso, deve-se considerar a maturação in vitro de ovócitos.
  • Pesquisadores do Consórcio Oncofertility ® estão trabalhando na maturação in vitro de ovócitos, utilizando cultura de folículo com hidrogéis de alginato.
  • Eles trabalham com as culturas celulares, em modelos animais, e pesquisam como seriam em tecido humano, com a esperança de desenvolver um protocolo para permitir ovócitos quiescentes a crescer in vitro até ao ponto da fertilização.
  • Veja aqui para o progresso mais avançado do Consórcio Oncofertility.
  • Até à data, nos seres humanos, não houve fertilização de sucesso ou gravidez desta técnica.

Circunstâncias especiais com OTC

Síndrome de Turner

  • Um estudo descobriu através da biópsia do tecido ovariano, que meninas com Síndrome de Turner tinha folículos identificados em 26% dos casos 12.
  • Fatores que foram associados com o aumento da probabilidade de encontrar folículos foram o cariótipo de mosaicismo, os níveis de FSH normais, os níveis de AMH acima de 2 pmol / l, presença de   menstruação e puberdade espontânea.
  • É desconhecido se folículos identificados nestes pacientes são capazes de produzir ovócitos viáveis.

Doando 100% do tecido ovariano para pesquisa

  • Algumas mulheres que estão planejando ter um ou ambos os ovários removidos podem optar por doar 100% do seu tecido ovariano para pesquisa, se elas não estão interessadas ​​na fertilidade futura.
  • É necessária a aprovação do sistema CEP/ CONEP e assinatura de consentimento para estes casos.

1. Donnez J, Dolmans M, Demylle D, et al. Livebirth after orthotopic transplantation of cryopreserved ovarian tissue. Lancet 2004;364:1405-10.
2. Meirow D, Levron J, Eldar-Geva T, et al. Pregnancy after transplantation of cryopreserved ovarian tissue in a patient with ovarian failure after chemotherapy. New England Journal of Medicine 2005;353:58-63.
3. Demeestere I, Simon P, Emiliani S, Delbaere A, Englert Y. Fertility preservation: successful transplantation of cryopreserved ovarian tissue in a young patient previously treated for Hodgkin's disease. Oncologist 2007;12:1437–42.
4. Demeestere I, Simon P, Moffa F, Delbaere A, Y E. Birth of a second healthy girl more than 3 years after cryopreserved ovarian graft. Human Reproduction 2010;25:1590-1.
5. Andersen CY, Rosendahl M, Byskov AG, Loft A, Ottosen C, et al. Two successful pregnancies following autotransplantation of frozen/thawed ovarian tissue. Human Reproduction 2008;23:2266-72.
6. Ernst E, Bergholdt S, Jorgensen JS, et al. The first woman to give birth to two children following transplantation of frozen/thawed ovarian tissue. Human Reproduction 2010;25:1280-81.
7. Roux C, Amiot C, Agnani G, Aubard Y, Rohrlich PS, et al. Live birth after ovarian tissue autograft in a patient with sickle cell disease treated by allogeneic bone marrow transplantation. Fertil Steril 2008;93:e15-2413.e19.
8. Sánchez-Serrano M, Crespo J, Mirabet V, et al. Twins born after transplantation of ovarian cortical tissue and oocyte vitrification. Human Reproduction 2010;93:e11–3.
9. Donnez J, Squifflet J, Jadoul P, et al. Pregnancy and live birth after autotransplantation of frozen-thawed ovarian tissue in a patient with metastatic disease undergoing chemotherapy and hematopoietic stem cell transplantation. Fertility and Sterility 2011;95:e1-4.
10. Donnez J, Silber S, Anderson CY, Demeestere I, Piver P, Meirow D et alChildren born after autotransplantation of cryopreserved ovarian tissue. A review of 13 live births. Ann Med. 2011;43(6):437-50. 
11. Kyono K, Doshida M, Toya M, Sato Y, Akahira J, Sasano H. Potential indications for ovarian autotransplantation based on the analysis of 5,571 autopsy findings of females under the age of 40 in Japan. Fertil Steril; 93:2429-30.
12. Borgstrom B, Hreinsson J, Rasmussen C, Sheikhi M, Fried G, Keros V et alFertility preservation in girls with turner syndrome: prognostic signs of the presence of ovarian follicles. J Clin Endocrinol Metab 2009;94:74-80.